Terapia Ocupacional


O Terapeuta Ocupacional avalia as funções sensoriais, percetivas, físicas e sociais, identificando as áreas de disfunção, sejam físicas, mentais, de desenvolvimento, sociais ou outras, que dificultam o dia-a-dia do indivíduo.

A terapia ocupacional, através de estratégias adequadas, planeia e organiza o quotidiano, com realização de atividades, desde as mais simples, como escovar os dentes ou levar alimentos à boca, às mais complexas, prevenindo, desenvolvendo e recuperando pessoas ou grupos de pessoas que apresentam qualquer alteração na realização de atividades de autocuidado ou interação social, de forma a proporcionar ao indivíduo o máximo de desempenho e autonomia nas suas funções pessoais, sociais e profissionais, melhorando a qualidade de vida do mesmo.